Pequenas Mudanças para Uma Vida Mais Saudável

Você Sabe Escolher Seu Protetor Solar?
21 de novembro de 2019
Hábitos que Causam a Acne
27 de novembro de 2019

Pequenas Mudanças para Uma Vida Mais Saudável

Compartilhe com um amigo(a)








Enviar

É de preocupação manter a saúde em dia. Não é à toa que existe vários sites e perfis em redes sociais cheios de receitas fit/low carb e dicas de exercícios físicos. No entanto, para que a sua vida seja mais saudável, é preciso mais do que a prática de atividades e o consumo de pratos com baixo teor calórico.

É necessário mudar alguns hábitos cotidianos, mas nem sempre é fácil, porém se você está realmente disposto a melhorar sua qualidade de vida, confira na sequencia.

1 – Comer Mais Frutas e Vegetais

            Uma maneira de melhorar a saúde de uma forma mais fácil e rápida, mudar como se alimenta. As frutas e vegetais são potências nutritivas, oferecendo muitas vitaminas essenciais, minerais e antioxidantes, que ajudam a afastar doença.

            Mais de 75% dos americanos, por exemplo, não estão obtendo as quantidades recomendadas de frutas e vegetais diariamente. Mas a ciência mostra que as pessoas que comem 7 ou mais porções de frutas ou vegetais têm um risco 42% reduzido de morrer de qualquer causa comparado com alguém que apenas come uma porção.

            Mesmo apenas uma porção extra de verdes folhosos escuros pode ajudar a reduzir o risco de doença cardiovascular por 11% e diabetes tipo 2 por 9%. E obter mais destes alimentos saudáveis pode até melhorar a saúde mental.

2 – Comer Menos Carne Vermelha

            A carne vermelha está associada com um risco maior de doença cardíaca coronária da gordura saturada e colesterol. A pesquisa descobre que consumir menos do que metade de uma porção por dia de carne vermelha total pode prevenir morte de doença cardiovascular em até 8.6% de homens e 12.2% de mulheres. Ao invés, escolher outras fontes de proteína como peixe ou aves se desejar melhorar a saúde.

3 – Comer Mais Fibra

            Não comer suficiente fibra pode realmente aumentar o risco de desenvolver condições como pressão arterial alta, açúcar alto no sangue, e colesterol alto, assim como aumentar o risco de doenças como obesidade, doença cardíaca, acidente vascular encefálico, e diabetes. Comer mais alimentos ricos em fibra como vegetais, frutas, legumes e grãos integrais em cada refeição.

4 – Obter Mais Ômega 3

            Ácidos graxos ômega 3 são bem conhecidos por função cardíaca saudável, mas a pesquisa indica que ácidos graxos ômega 3 dramaticamente reduzem inflamação e são fatores significativos na prevenção de muitas doenças crônicas, incluindo doença cardíaca, artrite, Alzheimer, depressão, e até câncer.

E podem até oferecer benefícios antiidade por ajudar a retardar o processo biológico chave associado com envelhecimento conhecido como encurtamento de telômeros.

5 – Beber Mais Água para a Saúde

            Água é um nutriente essencial para sobrevivência, e ajuda a expulsar toxinas, ajuda a função celular e metabolismo, e apóia cada sistema no corpo. E pode até ajudar a promover emagrecimento. Mas mesmo que o corpo seja até 60% água, muitos não obtêm os 8 copos recomendados de água filtrada diariamente.

6 – Comer Café da Manhã

            Para melhorar a saúde, não pular a primeira refeição. As pessoas com padrões irregulares de consumo pesam mais, têm cintura mais ampla e têm índice de massa corporal maior, mas as pessoas que comem cedo no dia, consomem mais calorias no café da manhã e almoço, e comem mais refeições balanceadas pelo dia todo.

7 – Exercitar-se Diariamente

            Próximo a 60% dos adultos não se exercitam. Mas o exercício e atividade física reduzem a pressão arterial, melhoram os níveis de colesterol, reduzem inflamação, melhoram a sensibilidade para insulina, e desempenham um papel importante em controle do peso.

            O exercício também foi associado com prevenção e melhora em transtornos depressivos e ansiedade. E em adultos mais velhos, o exercício ajuda a preservar a massa óssea, reduz o risco de quedas, e reduz o risco de declínio cognitivo e demência. Até o exercício modesto pode reduzir risco de mortalidade nas pessoas menos fit em até 50%.

8 – Emagrecer por Saúde

            Em torno de um terço dos americanos estão com sobrepeso, por exemplo, e esse número é projetado a continuar a subir. Infelizmente, estar com sobrepeso e obeso aumenta o risco para condições de saúde graves como diabetes tipo 2, hipertensão, e doença cardiovascular.

Até perder apenas um pouco de peso, em torno de 5% do peso corporal, pode ajudar a reduzir o risco para diabetes e doença cardíaca e melhorar sensibilidade para insulina no músculo, gordura e tecido do fígado.

9 – Quantas Calorias Precisa?

            A maioria das pessoas certamente não conta as calorias e não sabe quantas calorias precisa consumir para ficar bem. Isto quer dizer que as pessoas geralmente comem mais e sofrem de conseqüências na saúde. Comer menos calorias pode ajudar com controle do peso, reduzir risco de doença cardíaca, e melhorar pressão arterial, assim como ter um efeito benéfico nas doenças crônicas relacionadas com idade.

10 – Dar 15.000 Passos por Dia

            De fato, caminhar 15.000 passos ou mais por dia é a chave para melhorar a saúde e prevenir síndrome metabólica, um grupo de condições que inclui pressão arterial alta, açúcar no sangue elevado, gordura abdominal excessiva, níveis anormais de colesterol, e isso aumenta o risco de doença cardíaca, acidente vascular encefálico e diabetes.

11 – Dormir Bem e Reduzir Estresse

            Dormir o suficiente um sono de qualidade, assim trata-se de uma das maneiras mais importantes para melhorar a saúde. E uma das melhores maneiras para melhorar a saúde é cortar o estresse da vida, não é fácil, mas se esforçar, portanto.

Venha conhecer nossa loja virtual!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.