Dicas para minimizar cicatrizes, inchaço e vermelhidão após a cirurgia plástica.

5 Dicas para Ter uma Pele Mais Firme
29 de maio de 2019

Dicas para minimizar cicatrizes, inchaço e vermelhidão após a cirurgia plástica.

Compartilhe com um amigo(a)








Enviar

Essas dicas irão ajudar na sua recuperação e trazer melhores resultados. Confira.

Muitas pessoas sonham em fazer uma cirurgia plástica para deixar o corpo do jeito que sempre sonhou. Entretanto, algumas pessoas ainda têm medo o que gera algumas dúvidas.

A principal preocupação após a cirurgia está relacionada a recuperação. É natural que todo procedimento traga alguns riscos e complicações, mas são raras de acontecer.

As intercorrências mais frequentes no pós-cirúrgico são, o inchaço e vermelhidão local após a operação. Outro problema comum são as cicatrizes ficarem um pouco mais visíveis que o normal. Mas isso pode ser temporário.

Todos esses sintomas podem ser minimizados com alguns procedimentos, como no caso da cirurgia de correção de cicatrizes, que é feita para melhorar aparência da cicatrização.

Ficou interessado em como minimizar todas essas condições após a sua cirurgia plástica? Leia esse artigo e conheça nossas dicas para minimizar esses processos.

Cirurgia para correção de cicatrizes

A correção de cicatrizes é uma cirurgia plástica que visa melhorar a aparência das cicatrizes após procedimentos.

A anestesia que é utilizada nesses casos, depende da extensão da cicatriz. Portanto ela pode ser tanto geral como local, isso vai depender da avaliação médica. A cirurgia é feita ao redor região das cicatrizes, em cortes pequenos, que podem chegar a um milímetro.

Depois do corte o cirurgião plástico retira toda a região com cicatriz. São feitos então pontos internos absorvíveis e os pontos externos são intradérmicos, ou seja, ficam escondidos dentro da incisão. Pode ser feito também pontos da maneira tradicional.

Essa cirurgia é feita em últimos casos, quando alguns tratamentos recomendados pelo médico não surtiram efeito. Dentre alguns procedimentos para minimizar as cicatrizes estão: utilização de malhas especiais, injeção com esteroides no local das cicatrizes, radioterapia superficial, cremes e pomadas prescritas pelo médico.

O tempo do procedimento varia de acordo com a cicatriz. Em pacientes que possuem cicatrizes pequenas, o processo pode demorar cerca de 30 minutos. Em cicatrizes maiores pode demorar até uma hora.

A nova cicatriz demora um ano para atingir seu resultado final, porém, 3 meses após sua realização já é possível ver uma diferença notável. É comum que após o procedimento a região fique avermelhada.

Geralmente o procedimento é seguro e complicações são raras, entretanto, assim como todo procedimento cirúrgico, podem haver alguns casos. As complicações que podem ocorrer são: infecções, abertura dos pontos e sangramentos.

Após esse procedimento é necessário tomar alguns cuidados para que a recuperação seja rápida e não cause complicações. Acompanhe o seu cirurgião plástico para ele observar a recuperação da cirurgia. Utilize pomadas e cremes indicados pelo seu médico.

Indicação para cirurgia de correção de cicatriz

Essa cirurgia plástica é indicada para pessoas que possuem cicatrizes alargadas ou que causem incômodo com o aspecto.

Pessoas com cicatrização hipertrófica ou queloide, que apresentam ou não dor e coceira no local, podem entrar em contato com o seu médico de confiança para realizar esse procedimento.

Alimentação e cicatrização

Algumas pessoas podem não saber, mas a alimentação está diretamente relacionada na recuperação e resultado de uma cirurgia. Existem alimentos capazes de ajudar na cicatrização pós-operatória, por meio dos nutrientes que chegam ao local.

Por isso, é importante seguir uma dieta balanceada, que contenha vegetais e proteínas. Procure comer frutas, verduras, legumes e alimentos ricos em vitaminas. Isso auxilia na cicatrização e pode acelerar a recuperação. Evite alimentos que contenham grandes quantidades de gordura e carboidrato, pois podem prejudicar esse processo.

As carnes que são ricas em proteínas, são nutrientes essenciais importante no processo de cicatrização. É importante tentar incluir de duas a três refeições por dia ricas em proteínas.

Frutas como kiwi, laranja, acerola e abacaxi são alimentos que contêm grandes quantidades de vitamina C. Priorize alimentos com vitaminas nas suas refeições. Isso é bom tanto para a sua recuperação quanto para a sua saúde de forma geral.

Para auxiliar esse processo também, manter a pele hidratada é muito importante. Por isso, beber bastante água é uma das chaves para a hidratação da pele e funcionalidade do seu sistema. Beber bastante água também ajuda eliminar algumas substâncias ruins do organismo, deixando a pele mais elástica. O ideal é tomar até 2 litros de água por dia.

Exposição solar na cicatrização

É preciso evitar a exposição solar para não prejudicar a cicatrização. Por isso é importante utilizar protetor solar fator 30 e usar roupas que escondam a cicatriz do sol e a exposição aos raios UV.

Inchaço após procedimentos cirúrgicos

Uma das condições mais comuns após realizar qualquer cirurgia é o aparecimento de um inchaço local. Além de atrapalhar a estética esse processo pode ser incômodo.

Após realizar algumas cirurgias, como abdominoplastia e mamoplastia com próteses de silicone, é preciso utilizar uma malha modeladora. Essa malha vai ajudar no processo de recuperação e evitar complicações. Ela permite que não haja acúmulo de líquido na região, o que ajuda evitar o inchaço. Também modela a região para atingir o resultado adequado.

O médico pode prescrever alguns medicamentos anti-inflamatórios que podem auxiliar na diminuição do edema local. Por isso é importante consultar o seu médico e seguir as orientações recomendadas.

Compressas durante as primeiras horas após a cirurgia pode ser eficaz para diminuir o edema na região após a operação.

Em alguns casos pode ser indicado fazer drenagem local para retirar o acúmulo de líquido, isso consequentemente irá diminuir o inchaço da região.

Vermelhidão após a cirurgia

Outra condição normal de aparecer após processos operatórios é o rubor. Um do aparecimento desses eritemas locais (que são a vasodilatação dos vasos sanguíneos após o procedimento). Compressas de água fazem a vasoconstrição desses vasos, o que diminui a circulação de sangue e alivia a vermelhidão.

O médico pode receitar cremes e pomadas que aliviam esse sintoma em contato com a pele. Beta-bloqueadores, clonidina, ansiolítico e reposição hormonal podem auxiliar no tratamento.

É indicado procurar um médico especialista para aliviar qualquer outro tipo de sintoma.

Gostou dessas dicas que vão auxiliar a sua recuperação? Comente e diga o que achou. Para ver mais notícias como esta continue nos acompanhando e não perca mais nada.

Site:

https://br.aescare.com/

https://www.dermadoctor.com.br/

Venha conhecer nossa loja virtual!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.