Nutracêuticos Orais Funcionam?

Melasma: Continuando o Tratamento em Casa
25 de julho de 2019
Bichectomia Pode Envelhecer a Aparência?
29 de julho de 2019

Nutracêuticos Orais Funcionam?

Compartilhe com um amigo(a)








Enviar

Certamente, em uma rotina saudável, muitos buscam levar a vida de maneira mais natural, também considerando a alimentação, que tem valor terapêutico alto. Através do avanço das pesquisas nessa área, surgiu um método de cura novo, prometendo ser eficiente e natural, trata-se dos nutracêuticos.

            Normalmente em tabletes, cápsulas, comprimidos, os nutracêuticos não são alimentos funcionais. Decerto, o foco de nutracêuticos difere em comparação com alimentos funcionais, ao passo que nutracêuticos têm apelo médico em prevenir e tratar enfermidades, alimentos funcionais oferecem a diminuição do risco das enfermidades.

Função dos Nutracêuticos

Nutracêuticos são foco para sociedade mais alerta com a saúde e podem ser importantes especialmente à prevenção ou retardo de várias doenças associadas com idade. Entre estas é possível citar câncer, artrite, enfermidades cardiovasculares e metabólicas, catarata, distúrbio cerebral, osteoporose.

            Existem, certamente, ainda várias lacunas na compreensão dos benefícios todos ofertados por nutracêuticos em relação à saúde. Várias pesquisas têm estudado o efeito possível redutor de pressão arterial, partindo de diversos suplementos e nutracêuticos alimentares, em maioria, os agentes antioxidantes de tolerabilidade alta e perfil positivo de segurança.

            Particularmente, corpo grande relativamente de evidência faz apoio da utilização da L-arginina, potássio, flavonóides do cacau, vitamina C, melatonina de libertação controlada, coenzima Q10, extrato do alho envelhecido.

Características do Nutracêutico

Compostos bioativos por meio dos quais têm produção os nutracêuticos estão presentes nos alimentos funcionais. Assim, para que o alimento seja determinado funcional, este deve apresentar a própria funcionalidade nos muitos aspectos.

            Como exemplo, ao consumir em dieta normal, deve ser característico pelos naturais componentes, deve possuir efeitos positivos, sem contar valor nutritivo básico.

Desta forma, ele pode gerar maior bem-estar e saúde, ou então diminuir chance da ocorrência das enfermidades, a promover vários benefícios, e melhora da qualidade de vida, a incluir desempenho psicológico, comportamental e físico. Finalmente, alegação da funcionalidade tem que apresentar comprovação científica.

Nutracêutico da Biolab
Biolab Reaox D3 30Cps
É um nutracêutico elaborado com a combinação de luteína e vitamina D, açém das vitaminas A, C e E, e dos minerais selênio e zinco, que complementam sua composição. Reaox D3 auxilia na prevenção do envelhecimento através da sua ação antioxidante e ajuda a manter os níveis séricos de vitaminas e minerais incluindo a vitamina D, esta ajuda a proteger a pele contra os efeitos danosos dos vários agentes indutores de enevlhecimento, incluindo a radiação UV. Não contém glúten, lactose ou açúcar. 

Orientação da Dose para Nutracêuticos

Não existem doses fixas para usar nutracêuticos, o que vai definir isso será a quantidade maior dos estudos. Há necessidade realizar mais pesquisas a estabelecer exata composição, indicações ao uso, dosagem, e para compreender inteiramente como é a ação dos nutracêuticos ao prevenir enfermidades.

            Mesmo com benefícios evidentes, nutracêuticos demandam atenção quando for incluído na dieta. Alguns nutracêuticos são bem afirmados, como exemplo o ômega-3, polivitaminas. Já para outros, não possuem tanta evidência científica, como polifenóis, extratos de alimentos, carotenóides.

            Inegavelmente, há necessidade de maior quantidade de dados acerca da segurança a longo prazo para grande parte desses itens. Além disso, mais pesquisas clínicas são necessárias para determinar entre os nutracêuticos oferecidos, os com relação custo-benefício melhor e também risco à utilização generalizada em público geral de risco cardiovascular adicional baixo associada com hipertensão não complicada.

Benefícios dos Nutracêuticos

            O benefício principal se resume em potencializar alimentação de modo adequado e equilibrado, apresentando nutrientes essenciais como proteínas, vitaminas, minerais e mais. Dessa forma, se diferenciam em comparação com alimentos funcionais por fórmula própria concentrada, a extrair o que existe de melhor de cada um para ajudar determinado tratamento, prevenir males, fortalecer sistema imunológico, a garantir bem-estar maior do corpo.

            Também pode ser beneficiada a pele, e vários indivíduos optam por nutracêuticos oferecendo finalidades estéticas. Selênio, como exemplo, pode ser importante a amenizar danos gerados por raio ultravioleta, ao passo que ômega-3 funciona como estimulante para produção do colágeno, aos olhos, cérebro, e mais.

            Mais exemplos dos nutracêuticos são o licopeno, probióticos, catequinas, resveratrol. O licopeno é encontrado na goiaba, melancia, tomate, diminui risco das enfermidades cardiovasculares e auxilia em proteger contra câncer.

            Os probióticos estão presentes em iogurtes e leites fermentados, são fundamentais ao funcionamento adequado intestinal e diminuição do risco para câncer de intestino. Já as catequinas são encontradas em chá preto e verde, e contam com ação antioxidante, e inibem composição das placas de gordura em sangue. O resveratrol está na casca da uva, auxilia para inibição da composição das células cancerígenas, coágulos e inflamações.

Resveratrol

            São muitos os benefícios apresentados pelo resveratrol incluindo auxílio a desintoxicar e purificar o corpo, facilitando emagrecimento. Melhora aparência da derme e faz prevenção do envelhecimento precoce.

            Auxilia a diminuir colesterol ruim, o LDL, ajuda para combate das inflamações, protege o corpo em relação às doenças cardiovasculares, melhora cicatrização do ferimento.

            O resveratrol tem propriedades anticancerígenas, a proteger o corpo contra vários tipos de câncer, de exemplo o câncer da próstata ou do cólon, a suprimir proliferação da variedade enorme das células tumorais. Propriedades do resveratrol fazem inclusão da ação antioxidante, antiviral, anticancerígena, antiinflamatória, protetora, de antienvelhecimento.

            Enfim, no caso do emagrecimento, o resveratrol age já que estimula o organismo à liberação do hormônio denominado adiponectina, que auxilia o corpo para queima da gordura. Mesmo que o resveratrol seja presente em uvas roxas e vermelhas, e em vinho tinto, a ingestão desses alimentos a perder peso não é indicada, já que estes têm várias calorias. Assim, para perder peso usando resveratrol, a orientação é ingerir 150 mg do resveratrol nas cápsulas.

Venha conhecer nossa loja virtual!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.