Sineik – Gel anti-idade
3 de maio de 2013
pó-translucido
Pó translúcido
6 de maio de 2013

Como se livrar da caspa!

Compartilhe com um amigo(a)








Enviar
A nossa pele, embora não percebamos, está em renovação constante, como se fosse uma esfoliação natural. O mesmo acontece com a camada externa de pele que envolve nosso couro cabeludo.
O couro cabeludo, assim como outras áreas do corpo, também passa por esse processo de esfoliação/descamação natural, e a caspa surge nesse momento, pois esse processo se torna visível nos fios. A pele que vai “descolando” acaba se fixando nos fios do cabelo e surgem os pontinhos brancos constrangedores.


A caspa pode aparecer em homens e mulheres e, ao contrário do que muitos pensam, não é uma doença contagiosa, embora precise ser tratada.
A caspa surge quando há uma aceleração no processo de descamação/esfoliação, há períodos de melhoras e há períodos de pioras, não possui uma causa estabelecida e pode ocasionar calvície, em homens e mulheres.
Seguem alguns fatores que podem desencadear a caspa:

  • Frio: nos tempos frios as nossas glândulas sebáceas produzem cada vez mais gorduras/oleosidade atingindo também o couro cabeludo;
  • Transpiração Excessiva;
  • Higiene: quando detectada a caspa, os fios devem ser lavados periodicamente para que não haja acúmulo de gordura no couro cabeludo, o que facilita a produção e permanência da caspa;
  • Estados de tensão/stress;
  • Bebidas alcóolicas: o álcool em excesso causa o desequilíbrio das glândulas sebáceas;
  • Produtos químicos ou processos químicos aplicados no cabelo;
  • Alimentação inadequada;
  • Banhos muito quentes: as altas temperaturas ativam a produção das glândulas sebáceas.
  • Alta exposição ao calor, dentre outros.
 Esses fatores contribuem para um trabalho excessivo e exagerado das células que começam a trabalhar com mais intensidade e a pele começa a se acumular no couro cabeludo e nos fios. Há duas classificações para a caspa, sendo a caspa do couro cabeludo seco e a caspa do couro cabeludo oleoso.
Couro cabeludo seco: no couro cabeludo seco a caspa é composta por pontinhos brancos que ficam presos nos fios ou evidentes nas roupas escuras.
Couro cabeludo oleoso: no couro cabeludo oleoso a caspa aparece em forma de pequenas placas de pele que, normalmente, ficam grudadas na cabeça.
Hoje em dia são muitos os tratamentos que previnem e controlam a caspa, embora haja momentos de piora e melhora, uma boa dica é a massagem capilar. Quanto mais ativarmos a circulação, mais contribuiremos para o bom funcionamento das nossas glândulas sebáceas e células.
A caspa pode ser chamada de seborreia e se tornar uma doença que trará muito incômodo, antes que isso aconteça procure seu dermatologista.
Seguem algumas sugestões de shampoos para tratamento da caspa: Kelual DS (Ducray), Kerium DS (La Roche Posay), Teloss DS (Theraskin), Pielus (Mantecorp), Dercos anticaspa (Vichy). Há também um tratamento via oral da Inneov, que é o Inneov sensicaps DS, que trata a dermatite seborreica de dentro para fora, com a proposta de não prejudicar os fios e pode ser usado também concomitante aos shampoos.
Venha conhecer nossa loja virtual!

2 Comentários

  1. simone andrea p. santos disse:

    muito bom…eu sofro com este problema é muito chato gostei de saber que tem o tratamento via oral =]

  2. Que legal Simone, fico feliz em ter ajudado!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *