Cuidados com a Pele Oleosa
10 de fevereiro de 2020
Como Fazer Detox das Unhas?
12 de fevereiro de 2020

O Poder do Ácido Hialurônico para Pele

Compartilhe com um amigo(a)








Enviar

Ácido hialurônico se caracteriza substância presente de modo natural no corpo humano, trata-se de molécula de açúcar que é capaz de atrair água e pode agir de lubrificante e fazer absorção de choques nas regiões móveis pertencentes ao corpo, de exemplo, articulações.

            Em relação ao ácido hialurônico no organismo, 56% do ácido hialurônico tem presença na pele, em que age a preencher espaço entre células, este fator mantém a pele lisa, bem hidratada e elástica. No entanto, com o decorrer do tempo, a concentração na derme reduz, o que gera surgimento das rugas e ainda o ressecamento.

Funções do Ácido Hialurônico

            É indicado ácido hialurônico em especial à melhoria do viço da derme, a suavizar marcas da idade e rugas. Ao ser utilizado da forma injetável, pode ter uso em contorno do rosto, sulcos naso-labiais, lábios para volume e contorno, sulco naso-jugal (olheira). E ruga facial, e também à reposição do volume no rosto, mão e determinadas áreas do corpo.

            E, mais uma técnica em que é utilizado ácido hialurônico se resume volumização da face, com aplicação em área de malares, laterais da face e mandíbula. Isto é apontado em especial com o decorrer dos anos, já que nas determinadas regiões do rosto, é perdido então o tecido subcutâneo com o fator idade.

            Neste método, o mesmo pode ter aplicação através de microcânulas, o que gera mais segurança e conforto a aplicar, e é usada ainda anestesia local. Finalmente, ácido hialurônico pode ser utilizado também à melhoria de processos reumatológicos articulares e ou ortopédicos e em oftalmologia, para o denominado humor vítreo, que favorece então em forma esférica do olho.

Quais São os Tipos?

            As duas maneiras mais comuns para uso do ácido hialurônico na derme se caracterizam o ácido hialurônico injetável e o ácido hialurônico em séruns ou em creme.

O ácido hialurônico injetável é gel à base das glicosaminoglicanas, que vai preencher déficits em relação ao volume no corpo e rosto nas áreas como lábios, olheiras. E cicatrizes profundas da acne, sulco nasogeniano, sem contar depressões corporais e celulites. E pode ser aplicado de fato ainda para conferir sustentação e para definir estruturas da face.

Já o ácido hialurônico em séruns ou creme são ainda glicosaminoglicanas nos veículos tópicos que, na aplicação na derme, profundamente hidratam. Isto já que o ácido hialurônico possui capacidade da atração das moléculas de água. Portanto, o efeito preenchedor, que vai melhorar textura da derme, e também aspecto dos vincos e rugas.

Cremes que são à base do ácido hialurônico são aliados interessantes em prevenir envelhecimento e, ao serem associados com vitamina C, retinóides, e mais renovadores celulares, mostram ótimos resultados no longo prazo.

Antes e Depois do Uso do Ácido Hialurônico

            Anteriormente à indicação do tratamento, é necessário realizar anamnese e também exame clínico da pessoa ao descarte de contraindicações possíveis para tratamento. É indicado evitar a bebida alcoólica nas exageradas doses na véspera.

            Ácido noturno deve ter descontinuação um dia anteriormente, e também no dia no procedimento. Os remédios anticoagulantes como ginkgo biloba, ácido acetilsalicílico, entre mais, devem ser itens evitados em semana anterior ao procedimento. E filtro solar deve permanecer no caráter rigoroso anteriormente e após o procedimento.

            Em relação aos cuidados após o uso, alguns estudos científicos fazem recomendação da massagem em região usando a ponta dos dedos durante 2 a 3 dias, porém, se houver hematomas, a massagem se torna contraindicada. É ideal não ter exposição para o sol, em especial se formarem roxos, e é possível aplicar gelo na região pelas iniciais 24 horas.

Contraindicação

            Aplicar ácido hialurônico não deve acontecer nas pessoas que tenham hipersensibilidade conhecida para o composto. É contraindicada ainda nos indivíduos que sofram de problemas com coagulação.

            Não deve ser usado dentro ou próximo das regiões em que exista enfermidade ativa da derme, feridas ou inflamações. E não deve ser injetado na região em que permanente implante foi colocado.

            Se a grávida pode utilizar, não existe contraindicação em relação aos cremes que apresentam o ácido na própria composição. Ao falar sobre aplicação da substância, não há estudos apontando se há segurança ou não às lactantes e gestantes.

            Para o primeiro trimestre da gestão, essa utilização está proibida, porém, após isso, não há absoluta contraindicação. Como normalmente é estético, apenas pode ser realizado depois que o obstetra responsável autorizar.

Riscos Possíveis

            A utilização dos cremes contendo ácido hialurônico na composição não gera riscos, se for utilizado de acordo com o que cada fabricante orienta. Quanto à aplicação dessa substância de forma direta na pele, pode implicar problemas se o procedimento é mal realizado ou o produto se caracteriza de duvidosa qualidade.

            Assim, é essencial que faça o procedimento no lugar confiável. É comum que determinadas reações adversas surjam depois de aplicar, de exemplo edema, eritema transitório, dor, contusões, prurido, sensibilidade ou descoloração em região da injeção. Geralmente é espontânea a resolução, dentro de 1 ou 2 dias depois de aplicar.

Venha conhecer nossa loja virtual!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.