Couro Cabeludo: Psoríase ou Caspa? Tem Tratamento?

Por Que Não Devemos Dormir com os Cabelos Molhados?
12 de março de 2019
Pele Masculina: O Que É Foliculite? Quais São Suas Causas?
19 de março de 2019

Couro Cabeludo: Psoríase ou Caspa? Tem Tratamento?

Compartilhe com um amigo(a)








Enviar

A oleosidade excessiva além de ser responsável pelo aspecto de cabelo sujo, também contribui para descamações pelo couro cabeludo. E as 2 doenças inflamatórias mais comuns nessa área da pele são a psoríase e a caspa.

            Mesmo sendo semelhantes, estas devem ser tratadas de modos diferentes e assim demandam atenção. Além de ser incômodo pelo aspecto estético, descamações abrem portas a mais infecções. Na seqüência é apresentada a diferença entre a caspa e a psoríase, e os tratamentos.

Psoríase

            Psoríase é menos comum comparada com caspa, é uma doença inflamatória que gera irritações, vermelhidão e descamação em relação ao couro cabeludo, nas camadas mais espessas que a caspa, que por vezes escapam com o fio e causam feridas na área. E com características hereditárias, as causas se mostram variadas, de exemplo a acne.

As associações principais que já tiveram diagnóstico são excesso da oleosidade em pele, crises do estresse, falta da luz solar, utilização de alguns remédios, ou excessiva ingestão do álcool. E há casos de psoríase com manifestação em mais partes do corpo, além da área da cabeça, e é mais comum nos cotovelos, joelhos, unhas e tronco.

Agravamento da enfermidade pode gerar severas feridas que são capazes de abrir porta a mais infecções, situação perigosa aos indivíduos que têm sistema imunológico debilitado, de exemplo os portadores da AIDS, ou mais distúrbios autoimunes, como também indivíduos no tratamento quimioterápico.

Psoríase não tem ligação com higiene e deve ter diagnóstico e tratamento por dermatologista, usando remédios específicos ao caso de cada pessoa. Ao tratamento da psoríase no couro cabeludo, é possível que o dermatologista recomende usar cremes, comprimidos ou pomadas a reduzir aspereza e coceira da pele, sem contar shampoos que são indicados especialmente a essa forma de tratamento.

Deste modo, tratar psoríase no couro cabeludo pode ocorrer usando betametasona com ácido salicílico na loção, ou uma opção é calcipotriol dipropionato da betametasona no gel.

Tais produtos podem ser passados em áreas atingidas anteriormente a se deitar e devem agir pela noite inteira, com remoção somente pela manhã. No banho, deve-se passar shampoo apontado pelo médico, e seguir a esfregar com cuidado, e apenas depois, fazer lavagem da cabeça usando água para eliminar o produto inteiramente.

Mesmo não tendo cura definitiva, a manifestação de psoríase é de tempos em tempos, com maior freqüência nas fases de mais estresse. Assim, para ter melhor controle, é importante evitar momentos estressantes.

Para as crises de depressão ou ansiedade, o médico pode também receitar ansiolíticos, que nestas situações, podem ajudar em controlar psoríase. Esta doença no couro cabeludo se mostra comumente ligada com sistema emocional, e assim, para que seja contornada, a dica é manter-se calmo e evitar estresse.

Caspa

            A caspa resulta do processo inflamatório gerado por oleosidade excessiva no couro cabeludo, com características hereditárias, e não contagioso. Além de alterações da temperatura, a alimentação muito rica nas gorduras e o estresse podem agravar os sintomas.

            Mesmo não tendo cura, descamação geralmente é tratada usando shampoo anticaspa aplicado diariamente. A orientação é utilizar condicionador somente em pontas dos fios para que seja evitado ressecamento do cabelo e reidratação em relação à raiz.

            É preciso, a evitar caspa, manter freqüência ao lavar os fios, sempre atento para sinais dos acúmulos no couro cabeludo da oleosidade. É indicado usar shampoos de limpeza mais eficaz em alternância com os shampoos para hidratar.

            Nas situações graves, quando existe descamação e coceira que não reduzem através da aplicação de produto apropriado, a orientação é buscar ajuda médica a tratar usando fórmulas especiais e remédios.

Eliminar a Caspa com Remédio Caseiro

            Para eliminar a caspa usando remédio caseiro, é possível consumir o chá de carqueja diariamente, como exemplo, já que este age em limpar o sangue, eliminando as impurezas do corpo, gerando efeito positivo ao tratar caspa.

            A utilização dos shampoos naturais preparados à base das ervas como tomilho, alecrim, salva, eucalipto e aipo, podem ser eficientes para combater a caspa, por causa de suas propriedades anti-fúngicas e anti-sépticas.

            A dieta com alimentos saudáveis se caracteriza fator essencial a prevenir e tratar caspa. Os legumes e frutas devem integrar o cardápio, a evitar frutos secos, cítricos, sem contar alimentos na conserva.

Mais Dicas para Tratar Caspa

            Algumas dicas práticas para eliminar a caspa de modo mais rápido:

– evitar alimentos que são ricos na gordura

– evitar banhos usando água tão quente, já que esta vai estimular oleosidade da raiz dos fios

– o estresse deve ser evitado

– evitar dormir com os fios úmidos ou molhados

– consumir ao mínimo 1.5 litros de água diariamente

– não se deve esfregar utilizando as unhas o couro cabeludo, pois isto vai poder gerar ferimentos pela cabeça, então fazer massagem com ponta do dedo, através de movimentos circulares e suaves

– uso de chapéus e bonés deve ser evitado

Venha conhecer nossa loja virtual!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.