Bichectomia Pode Envelhecer a Aparência?

Nutracêuticos Orais Funcionam?
26 de julho de 2019
Antigordura: Como Funcionam Esses Cosméticos?
30 de julho de 2019

Bichectomia Pode Envelhecer a Aparência?

Compartilhe com um amigo(a)








Enviar

Bichectomia se caracteriza como procedimento cirúrgico realizado para diminuir volume nas bochechas. O termo bichectomia faz referência para bióloga e médica, Marie François Xavier Bichat, uma profissional especialista na anatomia, a primeira cientista que descreveu detalhadamente a massa adiposa encontrada em bochecha, que é retirada neste procedimento.

A indicação do procedimento é para indivíduos que possuem rosto muito largo e redondo, que querem as maçãs mais finas. Para que seja garantido o sucesso e redução dos riscos desta cirurgia, é recomendado não ser fumante e ser fisicamente ativo.

Os benefícios atingidos depois da bichectomia podem incluir a definição da bochecha, melhoria em autoestima, bochechas mais finas, e harmonia para aparência da face. O foco da bichectomia é a remoção da estrutura encontrada nas bochechas, denominada como protuberância, sacos ou as bolas de Bichat, sendo tipo de almofada adiposa bucal com localização no interior das bochechas.

A protuberância de Bichat não tem função essencial no corpo para os adultos. É um tecido adiposo utilizado pelos bebês nos meses iniciais de vida a auxiliar em processo da amamentação e que após, permanece acumulado na área facial.

O procedimento da cirurgia se mostra simples e pode acontecer no ambulatório sob efeito da anestesia oral ou intravenosa. Normalmente, a duração da cirurgia é de 15 a 45 minutos. Esta cirurgia pode ser feita em mulheres ou homens, e consiste em remover parcialmente ou totalmente o tecido adiposo da área da bochecha.

Detalhes da Bichectomia

Depois de administrar anestesia, é feita, pelo cirurgião, uma incisão pequena, inferior a 5 milímetros em comprimento, na membrana mucosa que fica no interior da boca. Usando um alicate adequado, o cirurgião faz compressão da gordura que é retirada do lugar, sendo puxada pouco a pouco. Dessa forma, não ficam visíveis cicatrizes e os desconfortos são mínimos para o paciente antes e depois do procedimento.

Há possibilidade de o cirurgião aplicar a técnica de sucção para que sejam retirados quaisquer restos da gordura que ainda estiverem na área. Então, o médico dá pontos no corte para o fechamento da abertura.

A técnica é tão simples que o paciente dificilmente sente alguma dor, mesmo depois que passar o efeito de anestesia. Dessa forma, é bem rápida a recuperação, e é possível o retorno para atividade rotineira e trabalho dentro de poucos dias.

Riscos do Procedimento

Mesmo sendo método seguro e de pouco risco de complicações, a bichectomia tem também riscos como todas as cirurgias. E dentre os riscos de maior gravidade, há risco da hemorragia e infecção de bochecha. Mais riscos inerentes para o procedimento fazem inclusão de:

  • Cicatrização de incisão ruim.
  • Sangramento.
  • Fluido acumulado na área.
  • Problemas com anestesia, por exemplo reação alérgica.
  • Sensibilidade ou dormência para toque na área facial.
  • Lesão em duto salivar.
  • Prolongado inchaço.
  • Lesão em ramo do nervo da face que pode gerar fraqueza muscular permanente ou temporária.
  • Complicações pulmonares ou cardíacas.
  • Trombose venosa profunda.
  • Resultados diferentes do aguardado.
  • Dor persistente.
  • Assimetria facial.

Como É o Pós-Operatório?

Consiste a recuperação inicial em, no máximo 2 semanas com repouso e dieta leve, sem consumir o alimento quente, pois este vai prejudicar a cicatrização, e sem prática dos exercícios físicos ou exposição para sol, evitando sangramentos no lugar e subida da temperatura.

          O paciente praticamente não percebe desconfortos depois do procedimento. É possível perceber leve inflamação na região interna da bochecha e pouca dor ao se alimentar ou na mastigação nos diais iniciais depois da cirurgia.

            Para que sejam evitados desconfortos, e, para prevenir infecções, será receitado pelo médico remédio para dor, antiinflamatório ou antibiótico para dias iniciais. Em determinadas situações, podem ser notadas equimoses ou hematomas. Nesses casos, pode ser preciso fazer aplicação de gelo na área durante 2 dias.

            Saem geralmente os pontos por conta própria sem precisar o retorno para médico, e desaparece o inchaço na área completamente, em torno de 4 a 6 meses depois da cirurgia.

É Verdade que Bichectomia Envelhece?

Há pessoas que não fazem bichectomia porque acreditam que o procedimento pode deixar o rosto envelhecido. Certamente, isso é um mito. O que pode deixar o rosto envelhecido é a composição óssea na área facial e não a bichectomia em si.

            A remoção da gordura pode gerar flacidez da pele inferior, se a estrutura óssea da pessoa não for ideal. Na maior parte das situações, indivíduos que têm bochechas arredondadas tendem a mostrar definição ruim dos ossos na bochecha. Desta forma, quando é realizada bichectomia, podem aparentar um pouco mais velhas do que são na realidade, por causa desta pequena má formação.

            Se os ossos do rosto são proeminentes, mas com boa formação, traço da maior parte dos modelos que possuem bem definidas as maçãs da face, as pessoas parecem ser mais atraentes e jovens. Então, não é verdade a afirmação que bichectomia envelhece.

            Enfim, se for percebido que a formação óssea da pessoa não se resume esteticamente ideal, é possível fazer inserção de implante ou tipo de enchimento do tecido mole para correção da imperfeição.

Venha conhecer nossa loja virtual!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.