Cuidados ao esmaltar as unhas.

Pernas livres de dores e inchaços.
4 de julho de 2016
Conheça: Fusion Water Oil Control.
11 de julho de 2016

Cuidados ao esmaltar as unhas.

esmaltes-unhas-esmaltar
Compartilhe com um amigo(a)








Enviar
Se a cor é sua única preocupação na hora de escolher o esmalte, você está deixando passar batido uma série de detalhes que podem prejudicar o seu visual muito mais do que o tom errado. Essas escolhas deixadas em segundo plano envolvem a saúde das suas unhas, e o resultado a longo prazo pode danificá-las.
O compartilhamento de esmalte, por exemplo, que é um hábito comum nos salões de beleza, pode ser perigoso: se aplicado em uma unha com micose, pode carregar o fungo e transmiti-lo para unhas saudáveis. Unhas amareladas, com manchas esbranquiçadas e até mesmo cutículas ressecadas também precisam de atenção. Independente de qual seja o problema das suas unhas, há  sempre um cuidado ou tratamento para eliminá-lo. Confira a seguir algumas medidas necessárias de acordo com cada tipo de problema:
 
Para quem tem pele sensível e predisposição a alergia:
 
Pessoas que tem a pele sensível na região das mãos e cutícula tem chances de desenvolver reações alérgicas. Neste caso, é indicado o uso de esmaltes hipoalergênicos. São os produtos isentos de componentes químicos como tolueno, formaldeído e DBP, substâncias que conferem brilho, consistência e fixação aos esmaltes e as que mais provocam alergias. Mas há também outras, como: 
 
– Mica: presente nos esmaltes cintilantes; 
– Sulfato de Níquel: presentes em esmaltes azuis; 
– Nitrocelulose; 
– Cloreto de cobalto. 
 
Os sintomas provocados pela alergia podem ser coceira, vermelhidão e até inchaço em regiões como dedos, cutículas, pálpebras, rosto e pescoço. O ideal é  não ter contato com esmaltes que contenham as substâncias alergênicas, passar esmalte longe das cutículas não adianta.
 
Para quem tem unhas amareladas:
 
O uso contínuo de esmaltes escuros pode deixar as unhas amareladas, mas também podem ser sintoma de algumas doenças, como diabetes, alterações renais, respiratórias e hepáticas e até micoses da unha.
 
Se as suas unhas estão amareladas por uso excessivo de esmalte escuro, dicas simples como substituir a acetona pelo removedor de esmalte (que é um produto menos agressivo), passar uma camada de base antes de esmaltar e evitar os esmaltes escuros, além de hidratar as unhas com cremes, podem ajudar a reduzir o amarelado.
 
Para quem tem unhas quebradiças:
 
Há sempre um motivo por trás de unhas frágeis e é preciso identificá-lo para que o problema seja tratado corretamente. Entre as principais causas estão dieta inadequada e carência de vitaminas. Neste caso, o médico pode indicar produtos para ajudar a fortalecer as unhas.
 
Para quem tem unhas esbranquiçadas:
 
As unhas esbranquiçadas podem ser causadas por traumas na região da matriz da unha, que fica embaixo da cutícula. Os traumas podem ocorrer quando empurramos a cutícula ou mesmo no dia a dia, quando isso acontece surge a mancha branca.
 
As manchas também podem estar associadas ao uso de esmaltes de longa duração que acabam danificando a queratina das unhas. Nesse caso, a mancha é áspera ao toque. Para evitar esse problema, o esmalte tem de ser retirado com removedor assim que começar a descascar ou no prazo de no máximo uma semana.
 
Para quem tem unhas com micose:
 
Até pouco tempo atrás, as pessoas acreditavam que os componentes químicos do esmalte eram eficientes contra a sobrevivência de micro-organismos, como fungos e bactérias. Porém, um estudo recente mostrou que esmaltes podem transmitir fungos de uma unha com micose para uma unha saudável. Durante a pesquisa, foi feita uma coleta de esmaltes em dez salões de beleza para análise micológica e 15% dos esmaltes coletados continham alguma espécie de fungo causadora de doenças. 
 
O mais indicado é o uso do esmalte antifúngico, que vem com mais de um pincel e é próprio para a unha doente.
 
Fonte: Minha Vida
 
Produto: 
Linea Vitta – Vitta Unhas & Pés – 50ml
 
Indicações: Vitta Unhas e Pés é um creme fortalecedor de unhas fracas, quebradiças, frágeis, deformadas e manchadas, além de prevenir a ação de fungos nas unhas, onicomicose (micose nas unhas) e problemas como pé de atleta. Sua fórmula contém Óleo de Melaleuca com ação antisséptica, Ácido Salicílico auxilia rapidamente na renovação das células devido a uma esfoliação superficial e evita a obstrução dos poros, Clorexidina ativo antimicrobiano, com ação germicida, bactericida e fungicida natural, e Triclosan agente antisséptico efetivo contra bactérias. Pode ser usado sobre esmalte, unhas postiças, de porcelana, artísticas e decoradas, além de ser indicado para os pés pela eficácia em rachaduras nos calcanhares, frieiras, pé de atleta, cutículas rachadas ou calosidade nos joelhos e cotovelos. Não apresenta contraindicações e pode ser utilizado a partir dos 03 anos de idade.  
 
 
Por R$36,32 em 07/07/2016 na DERMAdoctor
 
Produto:
Isdin – Betalfatrus Esmalte p/ Unhas – 2g 
 
Indicações: O Betalfatrus é um esmalte para unhas, hidrossolúvel, desenvolvido especificamente para reestruturar e remineralizar as unhas frágeis.  Graças à tecnologia hidrossolúvel inovadora, Betalfratus pode ser removido facilmente com água, sem necessidade de uso de solventes, o que ajuda a proteger as unhas.  
Por R$99,09 em 07/07/2016 na DERMAdoctor
Venha conhecer nossa loja virtual!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *